top of page

Pausa para a poesia: Primeiro beijo

Atualizado: 15 de abr. de 2021







Assim como o silêncio

fala algo... (e não: não fala nada...)

Da lagoa ao toque

Principal

Dois lábios se encontrando

Duas almas conversando


No silêncio, sem palavras...

O olhar intimou

O toque denunciou o querer

A ação confrontou o desejo

De duas bocas que se unem



Em sinuosos carinhos

Relatando, o que antes

Já queriam...

União de sabores

Foi consentido

Foi com sentido

Foi algo ainda não visto

Nas histórias, dela...



Da timidez ao nervosismo natural

Concebeu-se o sim

E deu liga

Parques, florestas e passeios

Tudo em troca de mais um beijo


E o primeiro ficará na lembrança...

De um sonho que aconteceu!


Cris Ávila




Comments


bottom of page